Aquivo do autor: mat matcms22

Emagrecimento e Perda de Peso: Que caminho seguir?

Como perder peso: conheça algumas mudanças de hábito importantes para quem deseja perder peso e informações importantes sobre a cirurgia bariátrica para perda de peso.

Sabemos que para emagrecer com saúde é necessário que o corpo gaste mais calorias do que consome. Entretanto, cada pessoa tem um processo de emagrecimento diferente, o que pode, por vezes, atrapalhar o entendimento de como perder peso com saúde e frustrar expectativas pelos baixos resultados apresentados na tentativa de diferentes dietas.

Nesse artigo apresentaremos algumas medidas importantes de mudança de hábitos e estilo de vida que podem auxiliar no emagrecimento e no entendimento de como perder peso com saúde e opções modernas da medicina como a cirurgia bariátrica. Vejamos:

Mudanças de hábitos importantes para emagrecer com saúde!

1 – Ritmo de alimentação e respeito a saciedade do corpo:

Um dos grandes problemas de quem ganha peso fácil é a aceleração com que se alimenta. Comer devagar é fundamental, pois permite que o estômago saciado avise o cérebro que já recebeu comida suficiente. Em outras palavras, é o sinal que o estômago transmite ao cérebro, geralmente antes de estar completamente cheio, avisando que já não precisa de mais alimento. Quem tem o hábito de comer rápido acaba por não perceber esse sinal de saciedade e, assim, reduz o tempo de contato com a comida, o prazer de aproveitar a refeição e ganha peso com mais facilidade.

O respeito a saciedade é um pilar fundamental da mudança de hábito para emagrecer com saúde. Saciar o estômago com alimentos ricos em nutrientes e fibras, como frutas, carnes, verduras e gorduras boas, faz com que o metabolismo funcione melhor e aumente sua capacidade de se saciar com maior qualidade.

2 – A importância da ingestão de água:

A ingestão de água é fundamental para todos e ainda maior para quem quer aprender a perder peso. Mas porque beber muitos líquidos entre as refeições? Pois isso irá auxiliá-lo na diminuição da fome e na retenção de líquidos, produzindo mais urina e, consequentemente, eliminando toxinas que prejudicam o processo de emagrecimento.

A quantidade de água recomendada para um ser humano adulto varia entre 1,5 a 3 litros diários. Dentre os líquidos que podem ser ingeridos e ajudam nesse processo estão: água de coco, sucos naturais sem açúcar, chás sem açúcar e a própria água. Refrigerantes, achocolatados, bebidas alcoólicas e sucos de caixinha ou em pó são prejudiciais a esse processo, principalmente pela alta carga de açúcar.

3 – Os exercícios físicos:

Pode parecer óbvio, mas nunca é tarde para repetir: os exercícios físicos são fundamentais em qualquer circunstância. É importante ressaltar que o tipo de exercício não é o mais importante (claro, sempre procure por aquele que melhor se adeque ao seu perfil), mas sim a regularidade da prática. Estima-se que a realização de exercícios por pelo menos 3 vezes na semana já é um avanço positivo.dieta e exercício

Ao contrário do que imaginamos, todo tipo de exercício físico ajuda a perder peso, não só os aeróbicos como caminhada, bicicleta e corrida. A musculação, por exemplo, também é um grande agente de emagrecimento e ainda oferece a vantagem do aumento da massa muscular, consequentemente melhorando o metabolismo.

Para quem tem dificuldades em começar um exercício regular ou tem muito pouco tempo pela correria da rotina, alguma atividades e escolhas diárias podem fazer toda a diferença na mudança de hábito. Dentre as principais podemos incluir:

Percorrer um pedaço (ou o trajeto todo se possível) do caminho para o trabalho caminhando;
Subir escadas ao invés de utilizar o elevador em alguns dias da semana;
Sair para uma caminhada leve após o almoço;
Levar o cachorro para passear à noite.

4 – A quantidade de comida:

O corpo necessita de praticamente todos os nutrientes presentes em muitos alimentos evitados em diferentes tipos de dietas. Por isso, o ideal é não se privar de nada, comer de tudo, mas em pouca quantidade. Para isso, é possível seguir alguns hábitos saudáveis como:

Ingerir salada crua antes do almoço e jantar;
Optar por uma fonte de carboidrato por refeição, de preferência vindas de alimentos naturais como frutas, batatas, arroz integral, feijão, lentilha, milho e ervilha;
Evitar o consumo excessivo de açúcar, tomando, principalmente, iogurtes, chás e sucos sem açúcar;
Evitar comer após estar saciado;
Controlar o máximo o comer por desejo ou emoções como ansiedade e tristeza.

5 – Evitar ficar muito tempo sem comer:

Passar por muitas horas sem comer pode induzi-lo a optar por alimentos ruins e ricos em calorias ao invés de preparar o corpo para uma boa e equilibrada refeição. Para isso, é possível adotar algumas medidas como:

como emagrecer

Ter sempre um punhado de castanhas, amendoim, frutas in natura, lascas de coco ou frutas secas na bolsa ou mochila para se alimentar no intervalo do almoço e jantar;
Tentar deixar alguns petiscos baseados em legumes ao chegar em casa enquanto prepara algo para jantar. Palitos de cenoura, pepino com abacate amassado e temperado com sal e pimenta, tomates em cubos com sal e azeite, lascas de coco ou ovo cozido são boas pedidas.

Caso não seja possível realizar alguma refeição ao longo do dia, tente se concentrar em manter a qualidade da próxima refeição e faça pequenos lanches caso a fome apareça. Aos poucos aprendemos a dividir e comer menos alimentos, e o próprio corpo vai se adequando à nova rotina alimentar.

A cirurgia bariátrica

A gastroplastia, ou cirurgia bariátrica, pode ser compreendida como uma plástica no estômago (gastro = estômago e plastia = plástica), e tem por objetivo reduzir o peso de pessoas com IMC muito elevado, consequentemente que possuem dificuldades em adotar processos de emagrecimento mais populares.

A verdade é que o número de pessoas com obesidade vem aumentando no mundo, e a cada dia a cirurgia bariátrica vem se tornando um importante aliado no tratamento de pacientes com obesidade grau 3. O procedimento é indicado, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), para pacientes com IMC acima de 35 kg/m² que apresentem complicações como apneia do sono, hipertensão arterial, diabetes, aumento de gorduras no sangue e problemas articulares.

Veja mais informações sobre a cirurgia aqui.

Pacientes com IMC maior que 40 kg/m² que não tenham obtido sucesso na perda de peso após dois anos de tratamento clínico (incluindo o uso de medicamentos), também podem procurar o tratamento via cirurgia bariátrica.

Os tipos de cirurgia bariátrica

Existem três tipos básicos de cirurgias bariátricas: as restritivas, mistas e disabsortivas. Vejamos:

1 – As cirurgias que apenas diminuem o tamanho do estômago são as chamadas do tipo restritivo. Dentre os nomes técnicos delas estão: banda gástrica ajustável, gastroplastia vertical com bandagem ou cirurgia de mason e gastroplastia vertical em “sleeve”. Com isso, a perda de peso se apoia na redução da ingestão de alimentos.

São procedimentos que diminuem a quantidade de alimentos que o estômago é capaz de receber, induzindo a sensação de saciedade precoce. Podem ser meramente restritiva, não alterando a fome do paciente, ou restritiva e metabólica, que induz à saciedade precoce e também o grau de fome.

2 – As disabsortivas, por sua vez, são cirurgias que alteram pouco o tamanho e capacidade do estômago receber alimentos, mas alteram a absorção dos alimentos a nível de intestino delgado. São também conhecidas como cirurgias de by-pass intestinal ou desvio intestinal.

O procedimento, por causar desvio intestinal e reduzir o tempo do alimento no trânsito pelo intestino delgado, acaba por reduzir a capacidade de absorção do mesmo e, com isso, induz ao emagrecimento.

Essas cirurgias podem ser puramente intestinais, ou seja, sem alteração do tamanho do estômago (atualmente pouco utilizada) ou acrescentada de uma parte metabólica ao se realizar uma parte de cirurgia gástrica em conjunção com o procedimento intestinal, deixando de ser puramente disabsortiva.

3 – Existem também as cirurgias mistas, ou seja, aquelas onde há redução do tamanho do estômago e desvio do trânsito intestinal. Com isso, além da redução na ingestão de alimentos pela redução estomacal, há também a diminuição de absorção de alimentos.

Em outras palavras, a técnica causa uma restrição na capacidade de receber o alimento pelo estômago (que se encontra pequeno) e realiza um desvio curto do intestino com discreta má absorção de alimentos. É conhecida como cirurgia de by-pass gástrico ou fobi-capella.

Existe restrição para a cirurgia bariátrica?

Antes de qualquer tipo de cirurgia bariátrica o paciente é submetido a uma avaliação clínico-laboratorial que irá aferir questões como:

Pressão arterial;
Dosagens de glicemia, lipídios e outras avaliações sanguíneas;
Funções hepática, cardíaca e pulmonar;
Avaliação psicológica.

A endoscopia digestiva e a ecografia abdominal são importantes procedimentos que auxiliam nessa fase pré-operatória.

Quais os benefícios da cirurgia bariátrica?

A maioria dos pacientes, além de obter uma perda de peso grande, conseguem diminuir a progressão e perspectiva do aparecimento de outras doenças relacionadas à obesidade. Dentre as principais estão a melhora significativa ou mesmo remissão da diabetes, o controle da pressão arterial, dos lipídios sanguíneos, dos níveis de ácido úrico e alívio das dores articulares.

antes e depois bariátrica

Existe contra indicação?

Do ponto de vista nutricional, todos os pacientes submetidos à cirurgia bariátrica devem ser acompanhados pelo resto da vida com o objetivo de estruturarem uma dieta qualitativamente adequada. Afinal, quanto mais disabsortiva for a cirurgia, maior a chance do aparecimento de complicações nutricionais como anemias por deficiência de ferro, de vitamina B12 e/ou ácido fólico, até mesmo deficiência de vitamina D e cálcio nas cirurgias mais radicais.

Reposições vitamínicas são importantíssimas após a cirurgia e mantidas por tempo indeterminado. A diarreia pode ser uma complicação nas cirurgia mistas, principalmente pela derivação bileopancreática.

A cirurgia bariátrica é um procedimento complexo e que apresenta certo risco de complicações e deve sempre ser muito bem debatida. Além disso, a intervenção impõe uma mudança fundamental nos hábitos alimentares. Portanto, é primordial que o paciente conheça o procedimento, seus riscos, necessidades e benefícios.

A orientação técnica, o acompanhamento médico, nutricional, psicológico e o apoio da família são fundamentais em todas as fases do processo. Emagrecer se tornou mais do que uma questão de estética, mas principalmente de saúde. Nesses termos, saber como perder peso exige equilíbrio e um planejamento bem estruturado para alcançar o objetivo de forma saudável e concreta.

Mesas para Jogos Indoor – Escolha a sua!

No artigo de hoje do Flux-CMS nós vamos falar um pouco das mesas que nós podemos ter em casa que servem para prática de atividades físicas muito divertidas.
Podem ser usadas por toda a família em algum evento como almoços de domingo e também servem para colocar em escritórios para que os funcionários da empresa relaxem e tenham um tempo de lazer durante seus intervalos.

Mesas de Ping Pong

Temos 3 coisas a serem consideradas aqui.. a grossura da mesa, a firmeza da mesa no geral e mais detalhes que serão importantes na sua escolha
As superfícies e materiais dessas mesas indoor serão sempre de MDF ou MDP pois são feitos de fibras de madeira e são extremamente duráveis. Note que as mesas profissionais de ping pong também são todas feitas desses materiais.
As mesas variam de espessura, as mais baratas são mais finas e as mais grossas acabam sendo um pouco mais caras. Vale a pena dizer aqui também que as mesas mais finas não entregam o “quique” ou “pingo” ideal da bolinha quando atingem a superfície então obviamente as usadas em torneios e competições da CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa) serão mais grossas, variando de uns 18mm a 25mm.
mesa de ping pong
A base de uma mesa de ping pong é outro item que não deve ser esquecido pois quanto mais forte a base, mais firme será a mesa.
Então quando mais você gastar, mais robusta será a base da sua mesa.
O terceiro ponto a se considerar são detalhes menores mas tão importantes quanto os anteriores.
Os detalhes do ajuste da rede devem ser cuidadosamente verificados pois as mesas mais baratas tendem a não ter um ajuste muito preciso em relação a altura, tensão da rede e nem a firmeza de seu suporte.
Os protetores de canto são itens de segurança e podem evitar que as pessoas, principalmente crianças pequenas, se machuquem ao bater nas quinas da mesa de ping pong então fique atento se ela já vem ou não com esses protetores.
Após ler cuidadosamente essa seção você já estará pronto para escolher qual mesa você vai colocar na sua casa ou escritório para que ela entregue a jogabilidade, segurança e durabilidade esperada para um bom jogo de tênis de mesa.
Veja abaixo um jogo dos 2 melhores jogadores brasileiros de tênis de mesa!

Mesas de Pebolim

Uma mesa de Pebolim é sempre um item bacana de se ter em qualquer cômodo da sua casa. Todo mundo sabe jogar, não tem idade mínima nem máxima para sua prática, e entretêm a família e os amigos todos.
Hoje no mercado existe uma enorme variedade de mesas de pebolim e hoje vamos dar algumas dicas de como escolher a que melhor se encaixa nas suas necessidades.
Basicamente elas são separadas em dois tipos: as mesas profissionais e as mesas caseiras.
Uma das coisas que você vai ver e notar bastante diferença entre as mesas de pebolim é quantidade de jogadores. Isso pode variar bastante de marca pra marca.
mesa de pebolim
Algumas mesas tem a barra do goleiro com 2 zagueiros, um de cada lado, e outras mesas a barra do goleiro tem apenas ele.
Aí você precisa decidir qual a melhor opção para você. Pebolim é um jogo que exige muita atenção pois envolve muita firmeza e precisão no toque.
Por isso é necessário que a mesa esteja sempre nivelada corretamente pois qualquer alteração nesse aspecto já compromete totalmente a jogabilidade.
As mesas de totó vem em diferentes materiais… mais comumente feitas de madeira mas você também encontra mesas de vidro para vender.
Apesar de não serem fiéis ao jogo profissional, as de vidro dão um toque de sofisticação especial para o ambiente.
Existem também as de plástico, que são mais baratas e não chegam nem perto da durabilidade das mesas de pebolim de madeira, mas podem ser escolhidas caso você esteja com um orçamento pequeno.
Abaixo um vídeo de uma rapaziada detonando no pebolim!

Conclusão

Esperamos que com essas dicas acima vocês possam escolher melhor qual das mesas comprar pois ambas são diversão garantida para todos os envolvidos e trazem alegria pra casa toda!.

Os Benefícios do Ballet Barre Pilates

Hoje aqui no Flux-CMS vamos falar de um assunto um pouco diferente… vamos falar de uma das versões do Balé Fitness!
As aulas de Ballet Barre Pilates utilizam músicas atuais e alternam exercícios de fortalecimento e alongamento. O objetivo é chapar a barriga, tonificar os braços, levantar o bumbum e esculpir as pernas.
A barra de balé é usada como apoio e ponto de equilíbrio, normalmente substituída pelo apoio da cadeira, quando o treino é feito em casa.

adultos-ballet-barra

adultos-ballet-barra

O apoio é essencial para trabalhar músculos densos e longos, e queimar gordura localizada.
Os exercícios exigem atenção ao fortalecimento dos músculos centrais, como o abdômen, e pode melhorar muito a postura, mas há muitos outros benefícios que você verá a seguir.
Embora seja um desafio, o treino é muito divertido!
Você pode sentir a evolução a cada dia de prática, pois os exercícios proporcionam o fortalecimento geral do corpo, contribuindo para o equilíbrio de forças, alinhamento e balanceamento. Além disso, a técnica inclui alongamentos entre as séries, ou mesmo durante os exercícios de força e resistência, que além de potencializar o ciclo do condicionamento físico, deixa aquela sensação de estar mais leve e flexível.

Características e benefícios do Ballet Pilates Barre:

1. Fácil para as articulações

Os movimentos pequenos e controlados reduzem a pressão sobre as articulações, tendões, ligamentos e vértebras. A prática regular melhora consideravelmente o centro de equilíbrio do corpo, a força, a resistência e a postura. Aumenta a consciência corporal e diminui lesões exponencialmente.

2. Não precisa de experiência

Os instrutores sabem que cada pessoa tem diferentes corpos e metas de condicionamento físico. Não se preocupe por não ter nenhuma experiência de dança, a técnica inclui conhecimentos básicos e essenciais de balé, suficiente para guiá-la de maneira correta. Cada pessoa pode ser desenvolver o seu próprio ritmo de exercícios.
As professoras frequentemente oferecem opções diferentes para o mesmo treino, assim, você pode escolher qual opção ou ritmo vão lhe beneficiar mais. Muitas praticantes ficaram surpresas com a facilidade em aprender os movimentos.

3. Treino completo do corpo

As aulas de Ballet Barre Pilates são realmente um treino de corpo inteiro. Você irá sair satisfatoriamente “exausta” após uma aula, pois a sensação é a de que você foi impulsionada, fortalecida, alongada e revigorada. O conjunto de pequenos músculos é acionado reverberando em conjuntos musculares maiores, o que gera um fortalecimento de “dentro para fora” e de forma total.

4. Exercícios isométricos

Os movimentos focados em partes do corpo, com muitas repetições, alongamentos intencionais e sustentação (também conhecidos como movimentos isométricos) são projetados para se concentrar em determinados músculos.
Juntamente com os exercícios de equilíbrio, os músculos do eixo corporal têm que trabalhar mais, por isso ocorre também a tonificação de músculos de “maneira orgânica”, ou seja, enquanto você se posiciona em determinada postura, a musculatura será acionada automaticamente.

5. Modificações

Os alunos podem limitar ou expandir a sua amplitude de movimento para atender às suas necessidades específicas de condicionamento físico. Os exercícios vêm acompanhados de modificações necessárias quer que você seja um iniciante, tenha uma lesão ou que precise de mais de um desafio.

6. Flexibilidade

A maioria dos exercícios de barra e chão são seguidos de alongamentos para manter os músculos longos e tonificados. Às vezes as pessoas são flexíveis, sem força, ou fortes, sem flexibilidade. Para criar músculos magros e longos, você precisa de força e flexibilidade. Isso incentiva-o a desfrutar de uma vida mais longa e ativa, com menos lesões.

7. Sempre divertido

O tempo passa rapidamente na classe de ballet fitness com Pilates devido aos movimentos rápidos, a variedade de exercícios, a música alegre, a coreografia, sempre em mudança e a motivação dos professores. Nunca é a mesma aula duas vezes!

8. Perda de peso e queima de calorias

Muitos exercícios se concentram nos grupos de grandes músculos do corpo, incluindo as coxas e os glúteos. Quanto maior é a massa muscular, mais calorias são queimadas. O treino ajuda a construir uma massa muscular mais firme e magra e elevar a sua taxa metabólica em repouso, ajudando a queimar mais calorias.
Ainda mais importante do que a perda de peso real, as aulas auxiliam na composição de seu corpo, fazendo você se sentir e parecer mais longa, refinada e magra. Além disso, a combinação de treinos com uma dieta saudável vai ajudar você a alcançar resultados ainda melhores.

9. Resistência

Os exercícios de resistência ampliados na barra, estão destinados a grupos de músculos centrais que, muitas vezes, são esquecidos em treinamentos convencionais.
Porém, as aulas regulares acabam por fortalecer musculaturas mais internas de forma espontânea. Por exemplo, comparando com os esquiadores e praticantes de snowboard, eles notam um melhor alinhamento dos joelhos, maior equilíbrio e força no quadríceps etc.ballet pilates aula
Os jogadores de golf podem sentir uma maior amplitude de movimento do quadril, ajudando a criar um melhor swing. Os corredores e ciclistas podem ter maior resistência, maior velocidade e menor impacto nas articulações dos joelhos e tornozelos.
Assim, o treino com ballet irá desenvolver outras habilidades além dos objetivos planteados, como maior desenvoltura, equilíbrio, agilidade, consciência espacial e corporal, sensibilidade e outros.

10. Resultados rápidos.

Se você fizer aulas de 2 a 3 vezes por semana, o mais provável é que note as mudanças em apenas um mês. Isso inclui uma melhora na postura, coxas mais definidas, braços mais fortes e magros, abdômen mais lisinho e um bumbum mais firme.

Você está satisfeito com o dentista da sua família?

Precisando procurar um novo dentista? Há coisas que você precisar saber e se certificar antes de escolher um bom profissional da área odontológica. Por exemplo, deve-se verificar os dias e horários que a clínica dentária abre e funciona, quais recomendações e informações você possui de outros pacientes que frequentam lá e o valor médio da consulta. Você também pode escolher seu dentista por ser recomendado, por exemplo, por um membro da família, colega ou outra pessoa em quem realmente confia.

paciente sorrindo

Antes de decidir qual dentista escolher, você deve fazer uma pesquisa e estudo para ter certeza de estar fazendo a melhor escolha possível.
Se você está mudando de casa para um lugar bem longe da atual residência, e o novo destino não possui recomendações de clínicas dentarias, você pode perguntar para seu atual dentista se ele não pode recomendar ou indicar algum outro profissional.

Ter um bom relacionamento com seu dentista é importante, porque você terá um relacionamento de longo prazo com ele, isso é o que espera o Dr. Mário Sergio, da Clínica Odontológica Olindense. Converse com ele para tirar suas dúvidas e sempre ter as informações necessárias para optar pelo melhor e mais adequado tratamento. Uma boa relação também é admirável para lhe auxiliar a enfrentar os famosos medos e receios que as clínicas dentárias e seus aparelhos barulhentos e assustadores causam nos pacientes.
Veja abaixo um vídeo de um canal de humor mostrando uma visita ao dentista:

O que considerar antes de escolher seu dentista é:

Quais horários para consulta estão disponíveis e se eles se encaixam perfeitamente nos dias que você tem disponibilidade.

A distância até o dentista também pode ser crucial, se a clínica é de fácil acesso, perto do trabalho ou de casa.

dente branco

A identificação e uma boa relação com dentista também são questões importante que devem ser verificadas para garantir o atendimento odontológico esperado e adequado.

Se o dentista pretendido é devidamente registrado e credenciado pela Associação Brasileira de Odontologia e como eles olham para o que você chama de odontologia preventiva, isso é algo que você pode ouvir sobre, quando você se consulta com um profissional.

Como o dentista trata o paciente, sua paciência e cuidados são importantes, como eles são e como eles se sentem. Você deve se sentir confortável e relaxado durante o tratamento, isso é muito importante para o bom andamento do procedimento odontológico.
Certifique-se de como funciona a recepção e o atendimento da clínica, qual a logística padrão do recinto, e em caso de emergência, qual procedimento é tomado para que você possa ser muito bem atendido.

Os preços também são uma parte importante para descobrir se vale a pena escolher tal profissional, ou se ele está cobrando um preço absurdo pelo serviço prestado. Hoje em dia a internet ajuda muito com esse tipo de pesquisa, faça uma busca completa antes de fechar qualquer acordo.

instrumentos dentista
Outro fator importante é entender e aceitar as regras e protocolos da clínica, quando o assunto é cancelar uma consulta pré-agendada. Algumas clínicas cobram uma taxa adicional caso você tenha que cancelar uma consulta em cima da hora, e pode ser muito difícil conseguir um horário novo disponível. Verifique atentamente qual prazo você possui para cancelar sua consulta sem precisar pagar um valor por isso.